Pela primeira vez

quarta-feira, fevereiro 10, 2016

Imagem
Ouça "For the first time" enquanto lê
Estive te olhando e não me contento com que vejo. Me responde aonde foi parar aquela menina que eu deixei nesses aposentos, cheia de brilho nos olhos que marejavam toda vez que ouvia uma história nova? É sério, me responde. Meses atrás eu resolvi que era hora de agir mais de perto e te fiz me ver no meio daquelas belezas que hipnotizam, e você me acolheu porque me reconheceu sem ao menos saber que de fato era eu. Como amo essa sua sensitividade! Em poucos dias consegui despertar em você o sentimento quase materno de proteção, daqueles de doação que eu imagino que um dia você entenda melhor, ou não, não consigo medir até onde vai sua teimosia diante dos seus desejos mais intensos e íntimos. Me fiz passageira nessa visita e então a vi se fechar, e eu deveria me lembrar que você não é nada boa com despedidas, e muito menos perdas, não é a toa que você ainda se lembra de mim sempre que entra naquele quarto. 

Decidi que você precisava de algo permanente, e o fiz, ela chegou e você entregou seu coração de uma forma tão bonita que eu nem podia acreditar. Já viu pedra derreter do nada? Pois então, eu não, mas te vi e me fez sentir a surpresa que eu acho que teria ao presenciar. Mas apesar disso você me mostra que é mais difícil do que me contaram aqui que imaginaram que você seria quando a viram ao nascer. 

Vem cá, menina, deixa eu te contar uma coisa: espanta o medo, enxugue as lágrimas tire a poeira desses sapatos e então você voltará para casa. Pode demorar, pois você mesmo diz que nada que vale a pena vem fácil, aliás.. você tem uma prova, não? Quantos anos desde que você o observou, fez um pedido baixinho e depois esqueceu de tudo? Acredite, seus desejos mais profundos, aqueles que vem do coração, da inocência da sua alma que eu sei que saltita feito criança são os que sempre se realizam. Pode tardar, mas eles vêm. 

Não digo hoje, te deixo sofrer mais um pouquinho só para lembrar como é o alivio em deixar esse sentimento fatídico para trás e como é ótimo combatê-lo sempre que ele chega, mas amanhã, ao acordar, olhe ao seu redor como se o que sua visão captar fosse visto pela primeira vez. Ao preparar aquele café sinta como se estivesse preparando-o pela primeira vez e se permita a duvida de o estar fazendo muito fraco ou amargo, e aspire seu aroma como se nunca houvesse feito isso quando era criança... E o gosto, ah o gosto! Ah! Observe o céu e dê boas vindas, E quando for vê-lo, olhe-o como da primeira vez, abrace o sentimento de encontro e ria da sua falta de reação quando seus sorrisos se combinaram pela primeira vez, e seus olhos captaram a energia um do outro. Abrace os que ama naquela duvida de primeira ou última vez, e sempre terá uma intensidade única. 

Vem cá, menina, se afasta dessa aflição, da ansiedade que te corrompe os planos, te fixa no mesmo espaço. Confia nas linhas que te foram escritas e creia que tudo pode dar certo. O descaso está ai, mas o acaso também, e você, melhor do que ninguém, sabe muito bem disso. 

You Might Also Like

4 Comentários

  1. Vou te matar. Tô chorando horrores após ler esse texto e imagino que foi difícil pra ti escreve - lo e ao mesmo tempo libertador.
    Liberte te do que te prende.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oh Deus, não me mate! haha Não sei se fico feliz pelo texto tê-la tocado, ou não por te fazer chorar... Mas acredite, de tudo o que é ruim eu pretendo manter distância, e espero que você faça o mesmo.

    Beijão! <3

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo e emocionante, sério!
    Tocou fundo no coração!
    "Me fiz passageira nessa visita e então a vi se fechar, e eu deveria me lembrar que você não é nada boa com despedidas, e muito menos perdas..." Praticamente me define!
    Blog Riscoculto

    ResponderExcluir
  4. Tudo pode dar certo, isso é verdade, mesmo quando tudo parece desmoronar na nossa cabeça. Uma hora, as coisas melhoram, pode crer. Sempre melhoram. O lance é saber se equilibrar nessa dança louca da vida.
    Beijo, Brunna!

    Blog || Fan Page

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! ♥

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe