Não se engane

segunda-feira, outubro 05, 2015

Ela te contou ontem do sonho da noite assim que abriu os olhos. Não se engane garoto, ela não é de pegar e arriscar seus minutos sagrados da manhã onde busca sua paz em uma possível conversa, então apague da sua mente que isso é brincadeira, momento, porque não, ela não brinca com pessoas, sentimento é sagrado, e para brincadeira existem tantos eletrônicos e outras coisas descartáveis por ai, por que brincar com gente?

Imagem

Ela te observou por minutos antes de responder à sua tentativa de inicio de conversa há dias atrás, e acredite, por mais apaixonada que seja por olhares, mesmo que seu subconsciente já tenha sido fisgado, ainda mantinha sua consciência em alerta, e dava um chega pra lá em cada sensação que sentia naquele dia, mas mesmo assim ela respondeu, pôde até sentir seus esforços a censurarem por quebrar sua regra e aquele trato que havia feito com ela mesma de manter-se longe de tudo que a inquieta. No entanto, não foi ela  mesmo que se entregou ao acaso há alguns anos? Que seguiria seu coração mesmo que ele a levasse pelo caminho que a faria questionar-se incontáveis vezes se fazia a coisa certa? E foi ela que também aceitou que tudo é aprendizado. 

Vem cá, você já percebeu algum tipo de escudo nela? Pois bem, é pura encenação aprendida naquele curso breve de teatro que teve na adolescência, onde em uma das cenas ela desviava o olhar do ator à sua frente na tentativa de fazê-lo acreditar que ela estava ali mas ao mesmo tempo com a cabeça em outro lugar, no entanto estava ali cem por cento. Corpo e alma permaneciam de mãos entrelaçadas porque apesar de remendos passados, ela acredita que não é possível saber das coisas se não ousar conhecer, se ambas não interagirem com o momento. Ela é, infelizmente, ou felizmente, 8 ou 80, então ou está ali, ou não. Então garoto, ela que não se sente a vontade em olhar nos olhos pois acredita que revelam muito mais que palavras podem contar, se segurar seu olhar no dela por mais de cinco segundos, esteja certo: ela se rendeu. E com certeza já roubou esse tom esverdeado para o tal personagem do livro que te falou sobre, e quando você lê-lo, fique a vontade para (se) identificar nas entrelinhas. 

You Might Also Like

4 Comentários

  1. " Se segurar seu olhar no dela por mais de cinco segundos, esteja certo: ela se rendeu." Ah olhares dizem tanta coisas não? Revelam a alma, os medos, as certezas, os sonhos é realmente um janela. Por mais armaduras e poses que façamos pra disfarçar algo o famoso "olho no olho" nos entrega. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Adorei esse texto, Bru ♥
    beijos.

    Nayandra,
    www.ultimobiscoito.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! ♥

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe