Sonhos de Ivine

domingo, abril 11, 2010


"É um sobressalto de idéias púrpuras e majestosas ao pôr-do-sol. Quando ele se põe, ambas me voltam de modo que não posso contê-las. Tomam meu subconsciente; então entro em um sonho constante e apreciativo. Sonho nostálgico esse. Sonho de algo em partes, utópico. "

“Foi quando tudo me aconteceu sorrateiro. Luvas de cetim. Strass nos olhos de Copélia. Olhos de um Dom de Martes, rei das profundezas desses sonhos insolúveis. Havia uma pérola , um deslizar majestoso sobre o tecido feito do tapete estrelado daquela noite de lua transitória. Os dedos de Ivine entrelaçaram-se aos de Dom de Martes. Seu olhar caíra sobre seus doces olhos de majestade; levianos, atrativos.”

'O que foi?' Dom de Martes não imaginava o poder do luar de Síntese, apenas, buscava as respostas nos olhos de Ivine.

'Dama de salão de refletores... Queres respostas? Busque-as.' Ivine buscava respostas nos olhos de seu cavalheiro de partes contraditórias.

'O que foi?' O estranho de tudo aquilo era Ivine se deixar levar pelos olhos de águia de Dom de Martes, e o rei das profundezas dos sonhos insolúveis de Ivine, fazer o mesmo. Ambos estavam ligados naquela doce, talvez, lua nova, e de modo que não sabiam; guiavam-se pelo centro da atenção dos reis de ambas as profundezas desconhecidas.

Não estavam sozinhos. Nunca estavam. A todo o momento, a cada olhar que ambos não deixavam se quebrar eram observados e incentivados, dominados; por auras. Rodeavam-se por cores de estima.     Rodeavam-se por sibilares de reis que nada entendiam, e que apenas, implantavam sentimentos confusos e que nada importavam a Ivine e Dom de Martes naquele momento de puro lustre astral.

Agora Ivine vive sua nostalgia de modo utópico e convincente.

Podias ter buscado todas as respostas nos olhos de Dom de Martes. Mas não as quisera.

Desejou, realizou-se. Os olhos de rei das profundezas a calou naqueles instantes de movimentos astrais. Ela liderou Strass nos olhos de Copélia, enfrentou os olhos de águia em metáforas... Ela vencera o pensamento de anos atrás.

You Might Also Like

8 Comentários

  1. Amei Brunna , li hj de manha as 08:27 , adorei !!!!!!!!Beijo Arianne(jazz)

    ResponderExcluir
  2. Adorei! Muito bem escrito. :)

    ResponderExcluir
  3. Bruna, Bruna, Bruna... Senti sua falta...
    Posta mais lá da história pra gente no mundo de Serinie pra gente.Está tão bom..rsrsrsrs

    Gostei muito do post.
    Já falei que gostei do novo visu do blog??Ficou o máximo...
    bjos

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo *--*
    Vo passar mais vezes por aqui!!

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Suas palavras se encaixam perfeitamente no texto, é muito, muito lindo *-*

    ResponderExcluir
  6. Que fofo.

    Boa semana, beijo!

    ResponderExcluir
  7. Arrasou, como sempre! :)
    Amei! :D
    Quando eu crescer quero escrever assim *-*

    Beijos, e perdão pelo sumisso. ;*

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! ♥

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe